Oii

Compatibilização de projetos aplicado a arquitetura de interiores – estudo de caso: projeto de marcenaria vs. projeto luminotécnico

Amanda Castro Câmara, Nelson de Oliveira Quesado Filho, José Luciano Lopes da Costa Filho

Resumo


Introdução: O projeto é uma das primeiras e mais importantes etapas do processo de reforma de uma habitação. As interferências identificadas durante a execução são, geralmente, evitáveis mediante revisão de projeto. Ademais, os custos de alteração em projeto são consideravelmente menores do que os custos de alterações durante a obra. Os projetos arquitetônicos mais recentes e compactos tem seu custo de instalação elétrica proporcionalmente mais elevado, chegando a representar 20% do valor final do imóvel. Objetivo: Este trabalho demonstra os impactos positivos da compatibilização de projetos em um estudo de caso que analisa duas reformas de apartamentos. Métodos: É apresentado, inicialmente, as definições dos conceitos utilizados através de revisão bibliográfica. Então, a autora aplicou um método de compatibilização para identificar as interferências entre os projetos de instalação elétrica e mobiliário. Resultados: O método permitiu a identificação de incompatibilidades nos dois projetos analisados, à um custo inferior da correção na obra. Conclusões: Em ambos os casos a compatibilização de projetos mostrou-se eficaz na identificação de erros, evitando potenciais atrasos e gastos para o cliente.

Palavras-chave


Gestão de projetos; Compatibilização; Tecnologia de informação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Amanda Castro Câmara, Nelson de Oliveira Quesado Filho, José Luciano Lopes da Costa Filho

Centro Universitário Fametro – UNIFAMETRO

ISSN 2448-1270