Oii

Melhoria na qualidade de águas residuais utilizando argila como coagulante natural

Francisco Juliel Sebastião da Rocha, Francisco Rene Ribeiro Freitas, Leonardo Silva Rocha, Rayanne de Freitas Costa Alves, Victor Augusto Alencar Vieira, Carla Bastos Vidal, Jefferson Pereira Ribeiro

Resumo


Introdução: A contaminação dos corpos hídricos proveniente dos efluentes industriais é uma fonte de preocupação constante atualmente. Existem vários problemas envolvendo estações de tratamento de águas residuais, especialmente no que diz respeito aos custos para o tratamento. Objetivo: O presente trabalho é referente a utilização da argila montmorilonita (MMT), sendo esta, uma alternativa técnica-econômica para os tratamentos dos resíduos líquidos. Métodos: Para os tratamentos foram avaliados a ação do mineral argila como agente coagulante, juntamente com o sulfato de alumínio e qual teve maior eficiência para manter os parâmetros de qualidade estabelecidos pelas Normas Regulamentadoras. Resultados: Os resultados evidenciaram que a amostra submetida ao tratamento contendo ambos, sulfato de alumínio e argila montmorilonita (MMT) tiveram maior eficiência para remoção da cor azulada, a condutividade e pH dentro dos parâmetros. Já para o parâmetro de turbidez, a melhor amostra foi somente com sulfato de alumínio. Conclusão/Considerações finais: A utilização de argila combinada com sulfato de alumínio mostrou-se eficiente para adequar o tratamento aos parâmetros exigidos pelas Normas Regulamentadoras.

Palavras-chave


Coagulação; Efluentes industriais; Argila

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Francisco Juliel Sebastião da Rocha, Francisco Rene Ribeiro Freitas, Leonardo Silva Rocha, Rayanne de Freitas Costa Alves, Victor Augusto Alencar Vieira, Carla Bastos Vidal, Jefferson Pereira Ribeiro

Centro Universitário Fametro – UNIFAMETRO

ISSN 2448-1270