Análise do discurso à luz da subcultura criminal: Primeiro Comando da Capital – PCC

Isabelle Lucena Lavor

Resumo


O objetivo da pesquisa consistiu em fazer uma breve análise do discurso disseminado pela Facção criminosa intitulada Primeiro Comando da Capital – PCC, a partir da Teoria da subcultura criminal, no que se refere ao monopólio da violência e do fortalecimento do tráfico de drogas no país. Tal Teoria sociológica parte do pressuposto de que determinados grupos usam a violência como um meio para se legitimar perante a sociedade. A metodologia respaldou-se em pesquisa bibliográfica, balizada na revisão da literatura, com o suporte de autores clássicos e contemporâneos que tratam do tema. Concluiu-se que, apesar das diversas elaborações teóricas sobre o assunto, além de propostas alternativas à criminalidade, ressalta-se que ainda existem diversas lacunas que necessitam ser preenchidas com o desenvolvimento de mais pesquisas, podendo-se antecipar que o combate à corrupção seria um esperançoso início, embora muito difícil, uma vez que se trata de uma questão tão custosa às sociedades modernas, além de se assinalar a complexidade do objeto.


Palavras-chave


Subcultura criminal; Criminalidade; Teorias sociológicas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Isabelle Lucena Lavor

Centro Universitário Fametro – UNIFAMETRO

ISSN 2448-1270