Oii

Obtenção do óleo essencial de Ocimum gratissimum L para desenvolvimento de cosmético de limpeza facial

Maria Josiene Farias Cruz, Suzana Barbosa Bezerra

Resumo


Os avanços das pesquisas com plantas medicinais e o interesse do mercado cosmético em produtos oriundos de ativos naturais têm propiciado novas oportunidades para a indústria de fitocosméticos no Brasil e no mundo. Assim, os óleos essenciais e extratos dessas plantas medicinais têm sido rastreados como potenciais fontes de novos compostos antimicrobianos para doenças infecciosas por possuírem atividade antimicrobiana, antisséptica e antifúngica. Sob essa perspectiva, esse trabalho visa estudar o óleo essencial da planta Ocimum gratissimum, pertencente à família Labiatae, planta essa que é conhecida popularmente como alfavaca-cravo e reconhecida pelo aroma que lembra o cravo-da-índia. Essa espécie vegetal possui algumas atividades biológicas reconhecidas, como inseticida, hipoglicemiante, antifúngica e antibacteriana, principalmente relacionada à presença do óleo essencial na planta. A presença dos compostos timol, cimen-8-ol, eugenol e trans-cariofileno e, principalmente, do eugenol (composto majoritário do óleo essencial) são responsáveis pelas propriedades da espécie, sendo utilizada na indústria farmacêutica em produtos dentários e em xaropes para gripe e resfriados. Diante disso, objetivou-se a extração desse óleo essencial através do método de hidrodestialçao em aparelho de Clevenger, onde serão colhidas as folhas dessa planta para o devido experimento, a fim de futuramente testar sua atividade farmacológica contra a bactéria Staphylococcus aureus, e formular um sabonete esfoliante líquido natural a partir deste óleo para a limpeza e cuidado da pele facial.


Palavras-chave


Alfavaca-cravo; Ocimum gratissimum; Óleo essencial; Indústria farmacêutica; Fitocosméticos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Maria Josiene Farias Cruz, Suzana Barbosa Bezerra

Centro Universitário Fametro – UNIFAMETRO

ISSN 2448-1270